GUERREIRAS DA PAZ Leymah Gbowee, ganhadora do prêmio Nobel da Paz 2011, faz um relato contundente sobre a guerra civil que assolou seu país, sem antes não deixar de retratar sua trajetória pessoal, da infância à adolescência, a evolução de uma mulher que se torna a voz da libertação da Libéria. A autora circunscreve a família e o cenário de...
Instituto do Patrimônio, uma boa ideia. Em novembro foi apresentada, no Palácio Anchieta, a minuta para criação do Instituto do Patrimônio Cultural do Espírito Santo, há muito esperado pelos técnicos e instituições que lidam cotidianamente com o tema e seus desafios. Atualmente trabalha-se com uma visão muito mais ampla acerca do conceito de patrimônio cultural: a ideia de patrimônio concebido...
Mangue e Mar na Urbanização As visões diferenciadas do mangue e do mar, ao longo do processo de urbanização da cidade de Vitória apresentaram dilemas e contradições na construção de uma identidade paisagística merecedoras de atenção. A presença de grandes afloramentos de rocha e de tabuleiros de cotas altas limitou a expansão da aglomeração urbana na ilha. Grande parte do...
Paisagem, Memória e Identidade A preocupação com a paisagem sempre me interessou no âmbito de produção e ocupação do espaço urbano. A apropriação da cidade pelo cidadão ocorre de forma fragmentada. O indivíduo participante do cotidiano da cidade, muitas vezes, não apreende as mudanças que vão se dando gradativamente na paisagem urbana e a perda de seus referenciais. A atividade...
Os Nossos Gargalos É público e notório que a ineficiência da rede logística é estrutural no país. Os custos de transporte para o produtor brasileiro representam 25% e nos Estados Unidos apenas 10%. A infraestrutura envelhecida custa para o Brasil até 15% do PIB. O Governo Federal já sinalizou a urgência de sanar este déficit com o Programa de Investimentos em...
Uma nova economia Diante de uma crise mundial como a revelada em 2008, países como o Brasil, com uma elevada participação nas exportações por commodities, ficam muito suscetíveis às oscilações do mercado externo. Considerando que as crises são fenômenos inerentes ao processo capitalista de produção e que a economia do Espírito Santo está voltada preferencialmente para as exportações de commodities,...
Metrópole e urbanização A intensa metropolização da Grande Vitória tem estendido e incorporado novas áreas destinadas à habitação que, muitas vezes, tem ocorrido em lugares inadequados à urbanização, tais como, áreas alagáveis, leito de rio, encostas íngremes, entre outros. Digo não somente em relação às áreas de ocupação de baixa renda, mas também àquelas destinadas a abrigar os condomínios das...
Mobilidade engessada A questão da mobilidade urbana é um problema conjuntural e que afeta em demasia o cotidiano da população da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV). A posição de centralidade de Vitória na oferta de serviços e geração de empregos, associada às limitações do seu sítio físico, faz com que a Capital seja a principal rede de transbordo nas...
Olhar sobre a paisagem Os grandes projetos previstos para o Espírito Santo estão embasados pelo discurso da aceleração econômica e por representarem divisas para o Estado. Entretanto, a escolha de um local para sediar as plantas industriais nem sempre é capaz de compatibilizar desenvolvimento com a totalidade das estruturas que as relacionam. A falta de informações sistematizadas, ausência de planos...
O amor de um pai diante da queda Li “A Queda” recentemente por sugestão de uma amiga, que assim como o autor, Diogo Mainardi, tem um filho com paralisia cerebral. A princípio, o livro não me despertara tanta atenção e procedia a sua leitura de forma vagarosa em meio a uma viagem de férias que programara à Itália. O cenário...