O RIO DOS ANOS 1970 VISTO POR UMA CAPIXABA Na década de 1970, com exceção de algumas cidades como o Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, para citar algumas, a vida urbana pelo Brasil afora era muito provinciana. Porém, a cidade do Rio de Janeiro era puro glamour, mímesis da cultura parisiense em seus primeiros anos...
Reflexão para 2018 Atualmente, estamos sempre questionando, que pertencimento têm as coisas: são globais, locais, sociais ou naturais? A temporalidade moderna exige que as coisas andem na mesma velocidade e sejam substituídas por outras igualmente bem alinhadas para que o tempo se torne um fluxo. Os conflitos se multiplicam com a afobação do caminhar no ritmo frenético da modernidade, mas...
video
Entrevista - O Planejamento e as cidades Na última semana (11/12/2017), fui entrevistada pelo jornalista Eustáquio Palhares no programa “Presença”, da afiliada da Rede TV no Espírito Santo. De modo geral, o bate- papo foi focado nas cidades, tema principal abordado no meu blog Cidades e Passagens. A conversa girou em torno do crescimento das cidades e do planejamento como instrumento de proposição...
Minha experiência no projeto de reconstrução do World Trade Center em NY   Por Luciane Musso Maia*                                                Eu mudei de Boston para Nova York em agosto de 2001, aproximadamente um mês antes dos ataques do 11 de Setembro, essa data...
Cidades Inteligentes Conferência de Caio Vassão em 30/11/2017 Participei do evento sobre “Cidades Inteligentes” com o palestrante Caio Vassão, doutor pela Universidade de São Paulo e pesquisador do diálogo entre as novas tecnologias e a conformação do ambiente contemporâneo. O evento aconteceu no Parque Botânico Vale em Vitória, e não poderia deixar de ser um espaço mais apropriado e integrado à...
Território do Bem Pensar a cidade em todas as suas dimensões incorporada à complexidade da estrutura social do território, pressupõe a democracia participativa, o que implica na construção de processos coletivos de tomadas de decisões em torno de assuntos de interesse público e coletivo que afetam os destinos das cidades em qualquer escala, desde o bairro, ou até mesmo na...
Histórias Vividas e Contadas Arquiteta por formação, nascida e criada na cidade de Vitória, orgulhosa de sua paisagem diferenciada, pude perceber na leitura do espaço, o valor do ambiente urbano. Por ter morado e vivenciado a cidade desde a mais tenra idade, acompanhei as mudanças consideráveis ocorridas na sua paisagem a partir da década de 1970, especialmente nos bairros que...

Manguinhos

 Manguinhos a sonhar.  No verão relaxar. Com os pés descalços na areia, caminhar. E nos arrecifes, pisar. Os peixinhos, contar. O corpo ao sol, refestelar.   E da areia admirar, a moça bonita passar. À beira-mar,  o vento soprar, e os cabelos, desgrenhar. Acompanhar o subir da lua cheia, por detrás da linha do mar. Sentir a noite chegar, com muita nostalgia no ar. As conversas com os amigos no bar, na madrugada adentrar. A força do batuque a...
Praça do Cauê: um olhar resignado O eixo viário da Reta da Penha faz parte do projeto Novo Arrabalde do engenheiro Saturnino de Brito, que ao final do século XIX elaborou o plano de expansão do município de Vitória, dando origem aos bairros de Santa Lúcia, Praia do Canto e Santa Helena. O desenho do plano viário integrava-se harmonicamente...
De mentes e braços fechados Texto de José Whitaker Maio 22, 2017 http://cidadesparaquem.org/blog/2017/5/22/de-mentes-e-braos-fechados Triste domingo de chuva o desta Virada Cultural de 2017 em São Paulo. Não bastasse o fiasco do evento cultural – sejamos justos, a chuva não ajudou – em parte deslocado para fora do centro, mas sem conseguir levar quase ninguém para o Anhembi ou para a Chácara do Jóquei,...