20 de agosto de 2019
A mobilidade urbana, no seu sentido mais amplo, permaneceu fora do foco de atenção da política federal, desde a extinção da EBTU (1975/1991). De um modo geral, os antigos planos focavam mais na circulação de veículos automotivos, com pouco aprofundamento dos outros modais, a não ser o caso do transporte metroviário e alguns sistemas hidroviários. O modal cicloviário não...
Ciclovia Rio Branco   O debate promovido pela Associação de Moradores da Praia do Canto sobre a proposta da ciclovia a ser implementada no canteiro central da Avenida Rio Branco gerou polêmica, mas foi bastante proveitoso. A princípio, o convite para reunião restringia-se à apresentação da proposta do engenheiro Luíz Carlos de Menezes, que já havia sido tornado público pela imprensa. O...
Jovem, tecnologia e mobilidade O jovem contemporâneo se adapta e se reinventa a cada instante, movido pela irreverência e experimentação do novo. O acesso à superconectividade está promovendo a incorporação de novos valores culturais entre os jovens, que estão optando pela agilidade e o baixo custo no transporte urbano, assim como uma alta mobilidade por espaços geográficos diferentes. Na perspectiva de...
Os Nossos Gargalos É público e notório que a ineficiência da rede logística é estrutural no país. Os custos de transporte para o produtor brasileiro representam 25% e nos Estados Unidos apenas 10%. A infraestrutura envelhecida custa para o Brasil até 15% do PIB. O Governo Federal já sinalizou a urgência de sanar este déficit com o Programa de Investimentos em...
Mobilidade engessada A questão da mobilidade urbana é um problema conjuntural e que afeta em demasia o cotidiano da população da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV). A posição de centralidade de Vitória na oferta de serviços e geração de empregos, associada às limitações do seu sítio físico, faz com que a Capital seja a principal rede de transbordo nas...

Em destaques